domingo, 11 de janeiro de 2009

Ano Novo

O novo ano começa no dia primeiro, eu sei. Mas hoje é o décimo primeiro dia do ano. Quase a mesma coisa... Considerando que comemorei também ano novo quando fiz aniversário, no décimo primeiro dia de outubro, então não à convenção.
E afinal, já pensei e repensei sobre essa coisa de acordar um dia em 2008 e ir dormir em 2009 e acho que todo dia podemos achar que é ano novo. Mais ou menos como escreveu Drummond que alguém teve a maravilhosa idéia de fatiar o tempo só pra gente cansar durante doze meses e achar que uma noite cheia de fogos e rituais renova a energia e a esperança.
Eu passei quase batido nesse réveillon, cheia de trabalho, coisas pra fazer em casa, resolver. Estou montando o ano novo um pouco a cada dia. A cada escolha, a cada passo pra frente. A cada tentativa de fazer diferente, a cada olhar para o outro e para mim.
Não faço promessas, não traço planos, ainda não tenho sonhos. Por ora quero o hoje, inteiro e completo. E quero também o amanhã.

5 comentários:

Antonio Ximenes disse...

Alma.

Viva um dia de cada vez... resolva um problema de cada vez... um prazer e uma dor de cada vez.

O melhor é desfrutar do hoje... do amanhã... e do que virá depois... com calma.

Isso faz bem para a alma.

Feliz 2009.

Abração forte pra ti.

Adao Braga disse...

O 5º dia é o dia de Kátia.
O 11º dia é o dia de Hortência.
O ano novo já está acabando!

disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
disse...

Eu sou leitora do seu blog há séculos hoje resolvi comentar. rsss
Penso que você agora conseguiu descobrir o segredo que não é correr atrás das borboletas deixe que elas venham até você.
Beijas e bom 2009!!!

Clarice Lis disse...

Alma, querer o hoje, inteiro e completo, é o que de melhor podemos querer. Viver o aqui e agora é uma arte.