sexta-feira, 23 de maio de 2008

Carta


E ela releu a carta mais uma vez.

Não vou nem citar o tempo em que nos conhecemos.
Você sabe, como eu, que foi intenso.
Mas agora já não cabe mais lembrar do que passou.
Tivemos bons momentos.
Mas passou.
Na verdade, preciso parar de te enganar e de enganar a mim mesmo.
Você foi minha companhia em noites frias, longas e solitárias. E te agradeço por isso. Mas agora encontrei alguém com quem dividir meu tempo. E senti-la, ouvi-la, tocá-la é como esquecer que o mundo existe.
Não vamos mais nos ver, não tenha esperanças, a brincadeira acabou. Aliás, nunca entendi por que você acreditava em tudo o que eu te dizia. Era pura diversão. O poder me divertia. Me viciou. Hoje pra mim você não é mais nada.
Perdeu a graça. Foi.
Não me procure.
Estou feliz sem você. Acredite.
Fui.


Assim que terminou, ela dobrou o papel em dois, colocou no envelope, guardou na bolsa. Fechou a porta de casa e saiu.
Ao chegar à casa dele, encontrou-o no sofá com a mesma cara de sempre. O mesmo jeito reservado e o olhar profundo.
Ela o deteve com um gesto, pegou o envelope, tirou a carta, e pediu para que ele a assinasse.
Ele relutou um pouco, mas ela pediu que confiasse nela.
Assim que ele terminou, ela recolheu a carta e foi embora.. não disse palavra.

Ela se dirigiu ao correio, escreveu seu próprio nome e endereço no envelope e enviou a carta. Sempre tivera dificuldade em terminar relacionamentos.

9 comentários:

Poeta Mauro Rocha disse...

Quem tem facilidade determinar relacionamentos?rssrsrsrs.Belo blog e gostei da citação do Mário Quintana, ele é genial.

Um abraço

MAURO ROCHA

Clarice Lis disse...

Alma, adorei! mkt dto na veia. (rs!)

Iara Alencar disse...

Muito triste ter que escrever uma carta ao inves de dizer na lata.

LoLa disse...

Alminha, quanto tempo!
Saiba terminar é sempre difícil mesmo. Ainda bem que já passou!
Você pode me passar seu email?
Fiz um blog novo, mas é para convidados...
Meu email: paola.aestranha@gmail.com

Beijão

Adao Braga disse...

Terminar e Pedir (seja o que for) é extremamente díficil

Tudo ou nada ... disse...

Realmente ñ é facil terminar um relacionamento, mas no caso dela foi fundo demais hein!!!
Bjosssssss

San Lee disse...

Que que é isso???
Que alma de sentimentos tão extremos???
Senti-me absolutamente identificado, até por uma situação recente.
Saí devorando os posts abaixo.
Muito bom o blog!
Voltarei.
Abraço!

:: Daniel :: disse...

Nossa. A carta disse tudo o que eu dormi à noite pensando...

Iara disse...

Saudades.