quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

2008

2008.
Nesse momento, queria fazer a tal da retrospectiva.
O balanço geral do que ganhei, do que perdi, o que aprendi.
Gostaria de escrever os desejos e os sonhos para o ano que começou.
Li tantas coisas, recebi tantas palavras, dediquei outras...
Fechei os olhos algumas vezes, procurando um tempo que me permitisse entrar em contato com o que vivi e com o que quero pra mim.
Mas não consigo.
Ando inquieta demais pra isso.
Cada vez que paro um pouco, sinto como se uma montanha russa morasse no meu estômago e como se uma multidão estivesse conversando dentro da minha cabeça.
O fato é que nem sei o que quero ou desejo pra 2008 direito. Acho que não resolvi ainda.
Nesse caso, acho que vou querer todas as coisas, vou aceitar tudo. Sendo do bem, pode vir, pode chegar...

17 comentários:

Murdock disse...

Eu não devo ter lido metade das mensagens que recebi e também não escrevi muitas. Faltou paciência para ambos. Também não fiz retrospectiva, compacto, melhores ou piores momentos de 2007 e nem contei meus planos pra 2008, conforme acontece eu conto.

Bjs

Osc@r Luiz disse...

Segui o seu conselho, moça bonita. Tentei Bombas, Bombinhas, Mariscal, aquilo tudo... Acabei entrando o ano em um chalé em Porto Belo. Depois eu mando as fotos.
Sucesso pra você em 2008!
Estou na Rota das Ostras, Sul da Ilha de Florianópolis, neste lugar: www.pousadadomuseu.com.br
Foi um enorme prazer te conhecer.
Nâo sei se as minhas mensagens pra voce chegaram, mas de qualquer forma um excelente 2008 pra você.
Com ou sem retrospectiva.
Um beijo!

Caleydoscope Eyes disse...

Boa pedida! Tudo q for bom venha, o que for ruim, mas sevir de lição, que venha também!!!!!

Antonio Ximenes disse...

Alma.

Deixa chover... deixa a chuva molhar.

O que vier é lucro.

Quando a gente espera muito das coisas... normalmente se decepciona.

Por isso.

O melhor é deixar rolar.

Espero que tudo em 2008 seja BOM.

Para todos nós.

Abração.

a calma alma má disse...

=> Murdock: você, como sempre, suscinto e pragmático. Um dia eu aprendo.

=> Oscar: ah, que bom que conheceu minhas praias favoritas!!! Também adorei a visita e conhecer você já foi um presente pra começar bem 2008.

=> Caleydoscope: humm, acho que de ruim eu não quero nada não...rs.

=> Antônio: tudo o que vier deve ter seu valor e sua função. Mas tomara que eu esteja sendo uma boa menina pra merecer só coisas boas em 2008.

Zé Luiz Sykacz disse...

Engraçado... eu tive mais ou menos a mesma sensação que vc. Tentei "fechar pra balanço", mas não saiu nada. Tudo o que me veio foi uma sensação de dever cumprido, sabe?
Não gosto de planejar muito as coisas. Sou péssimo nisso. Todas as vezes que banquei o estrategista, alguma coisa saiu do prumo e tive que mudar meus planos. Prefiro esperar que a vida me supreenda.
O grande barato disso é que, se fizermos tudo o que desejamos com vontade, amor e dedicação, invariavelmente as coisas acabam dando certo. A maioria dos meus planos que não saíram como esperava, mudaram pra melhor no meio do caminhor, felizmente.
Enfim: deixe-me parar com esse discursinho clichê que eu já devo estar enchendo o saco. hehehe
Desculpe a invasão. Estava fuçando alguns blogs por aí, e simpatizei com o seu. Parabéns mesmo.
Cuide-se!
Beijos!

Leticia disse...

Vc está é certa!Sendo do bem pode vir...e ó quem vive de passado é museu.
Bjks.

Fabi disse...

cara consegui fazer meu balanço na virada do ano, incrivel, em um minuto entendi um ano todo q nao estava compreendendo e foi otimo. Relaxa que as coisas se acertam.
bj

Nil Brito disse...

Tb tenho essas sensações "como se uma multidão estivesse conversando dentro da minha cabeça".

Receita que utilizo e tem dado certo: imagino o dia como um copo d´água suja bem agitado. Sento num lugar tranquilo, fecho os olhos, respiro fundo várias vezes, e medito vendo a água se acalmar e ir sedimentando a sujeira no fundo. Depois de muito treino, eu já consigo "beber" essa água imaginária.

Um 2008 cheia de paz e luz pra vc, querida Alma


bjs do nil

a calma alma má disse...

=> Zé Luis: não é invasão nenhuma, estamos aqui pra isso, não é mesmo??? venha sempre.

=> Le: agora que venham as coisas boas!!!

=> Fabi: ensina a mágica, por favor???

=> Nil: o dia que eu conseguir "A calmar" e meditar de verdade eu te conto. Coisa mais difícil isso hein???

Zé Luiz Sykacz disse...

Poxa vida! Muito obrigado pela visita e pelas palavras gentis. Fico realmente muito feliz que tenha simpatizado com meus textos cretinos.

Já que me permitiu, voltarei aqui mais vezes, sempre que for possível.

Um beijo!

Adao Braga disse...

Eu também desejei fazer, e se não faço promessas de inicio de ano, afinal, promessa é dívida, e começar um novo ano devendo, eu não quero

Se eu fosse fazer a retrospectiva, voce estaria nela, mas, mesmo não fazendo, você aparece !!!

Bridget Jones disse...

Então querida Doutora Alma,

Que venha tudo o que seja do bem.
Que entrem muitos doidinhos fofos pra vc diagnosticar na sua vida neste 2008...

E q eles sejam todos do bem também.

Tudo ou nada ... disse...

É isso mesmo !!! viva e deixe viver, que venha 2008.
bjosssssss

Andrem www.mesdre.myblog.com.br disse...

Olha só: 2008 vai passar rapidinho!! afinal, tem 4 bolinhas (= rodinhas)!!!
Se demorar muito na piscada, já se foi... rsrs

Então o negócio é o seguinte. Basta seguir o exemplo da criança na sua foto deste post: seguir caminhando, seguir em frente, mesmo em meio ao deserto que se aparenta ao redor, de cabeça erguida e corajosamente; pode ser só uma duna imensa, mas não é ficando parados é que vamos descobrir o mar logo adiante!

Caleydoscope Eyes disse...

A quantas anda o 2008?

Pixaim disse...

A sensação de montanha russa no estômago está constante em minha vida ultimamente.