quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Dá pra acreditar!

Sexta-feira 02 de novembro dia de finados. Alma desenxabida da vida. Precisando de um agrado. Na falta de alguém pra me fazer um agrado resolvi “eu me fazer um agrado em mim mesma com as próprias mãos”. Antes que a intenção seja mal interpretada, explica-se: fui ao shopping, dar um trato nas unhas e me comprar um presentinho pra ficar mais felizinha. Não sou consumista, aliás, sou o oposto disso, sou meio muquirana comigo até. Mas mulher triste é uma tristeza!! Ainda mais no templo do consumo que é o shopping center. Fui lá, experimentei umas roupinhas e acabei arrematando uma blusa nova. Depois que saí da loja fiquei com a habitual sensação de remorso de que deveria estar salvando o din din para coisas mais úteis e saquei a balança mental para pesar os prós e os contras da compra. Assim segui o caminho até o salão, que estava lotado. Feriado prolongado e o povo na cidade, eita povo que gosta de shopping... Não sei por que esse povo não vai pra praia... Fiz a sessão manicure/pedicure e saí correndo atrasada pro ensaio. Já tinha pagado o estacionamento, estava na escada rolante quando lembrei: a blusa!! Não é que larguei a sacola no salão? Volta tudo de novo, vai ao salão, procura sacola, chama gerência, espera, chama a gerência da gerência, espera e nada. A sacola que estava do meu ladinho na cadeira do salão sumiu, desapareceu, escafedeu-se. Saí de lá do salão, do shopping, com raiva de mim por ter esquecido a sacola, da loja por ter me vendido a blusa, da civilização por que não se pode confiar em mais ninguém. Hoje eu voltei lá no salão pra ver se recebia alguma notícia. E PASMEM, a minha sacolinha tava lá. Com a minha blusinha nova dentro. Alguma pessoinha achou e entregou. A civilização tem salvação. É só uma blusinha, mas já é um começo, existem pessoas honestas e decentes neste mundo. Alma saiu do salão balançando a sacolinha com a blusinha nova e acreditando nas pessoinhas do mundo. :)

14 comentários:

André Moinhos disse...

Tá vendo. Ainda existe gente legal no mundo! rs
Isso que dá ficar no momento mulher "mimimi"! rs
Esquece até a sacola!

Beijocas

1ª lady newton disse...

Alma minha cara!

Muito digna sua decisão de comprar uma blusa phynna e fazer as unhas para ficar elegante, requintada e por tabela italiana de Milano né???

Muito LUXO! Muita desenvoltura nestes quadris e muita cintura de mola pra continuar sempre chiquérrima! ADORO!

Caleydoscope Eyes disse...

Gente, que feriado luxuoso!

Mas as pessoinhas não prestam. Com certeza devolveram porque a blusa não servia, ou não erado agrado........Esse mundo É perdido!





Arrematou a tarde de super compras e super unhas com um café?

a calma alma má disse...

> Andre: tava "mimimi" sim!!!! E com todos os motivos do mundo viu mocinho??? Esqueci, mas acharam.. rs.

> Lady: um dia eu chego lá!!!!

> Caleydoscope: será?? Dessa vez prefiro confiar na humanidade. Não sobrou tempo para o café, vou ter que compensar no próximo feriado.

Iara Alencar disse...

Como vc conseguiu?
eu teria um troço lá mesmo, nao controlo mais meus nervos e so tenho 27 anos ainda.

quando fico nervosa eu desmaio e acontee alguma coisa, eu perco o sentido,saio de mim mesma, vai entender isso.

a unica coisa que consigo fazer é chorar e chorar e choar.

mas é muito om comprar um presentinho. Pena que grana ta curta.

Murdock disse...

Que bom que devolveram. Ainda tem muita gente honesta no mundo sim...

Osc@r Luiz disse...

Querida, essas coisas, DE VEZ EM QUANDO, fazem bem ao ego.
E o fato de tê-la reencontrado, é a lei da ação e reação. Deve estar com créditos com o Papai do Céu e por isso, ela voltou pra você.
Só hoje eu postei o meme que você me passou. Tem duas versões: uma no By Osc@r Luiz e outra no Flainando na Web. Pode escolher a sua.
Um beijo, querida. Que a sua tristeza passe logo.

a calma alma má disse...

> Iara: acho que eu sou meio calma demais. Fiquei bem triste, mas não cheguei a me descontrolar.. leva um tempo pra isso acontecer. É da minha natureza..

> Murdock: bom saber disso.

> Oscar: é, de vez em quando mesmo, porque sempre não dá. Que bom que voltou. Você e a blusa.

Adao Braga disse...

Não me faz pensar besteira criatura... ha ha ha

Leticia disse...

Ah dia típico , perde-se a esperança no mundo, e de repente a esperança renasce como fênix...
O problema é se deixar de renascer...

Iara Alencar disse...

queria te mais calma.

A.Gil disse...

Olá...
A Maioria dos blogueiros que admiram linkaram teu blog. Eu vim, vi e gostei...
Quando puder passa lá no www.100crise.myblog.com.br

a calma alma má disse...

> Adão: que foi? tá com receio de virar Mestre Adão?

> Le: ainda bem que dá pra acreditar.

> Iara: às vezes eu queria ter menos..

> A.gil: obrigada pela visita e venha sempre.

Jesus Apócrifo disse...

Filha, eu sei como é se sentir assim... mas, lembre-se, enquanto nascer um criança neste mundo, ainda há esperança para a raça!