sábado, 17 de novembro de 2007

Closer

Eu não soube ser tua
Quando não vi meu reflexo em ti
Eu senti o desespero da despedida e te deixei ir.
Meu pão foi a dor, minha água a lembrança, meu ar tua ausência.
Temos tantos papéis.
Quando os olhos refletiram
Meu corpo foi abrigo, minha alma culpa, meu passado expiação.
Nossos papéis misturados:
Meu outro com o teu, eu contigo, eu outra com teu outro.
São papéis demais.
(Closer Movie Soundtrack - Damien Rice-The Blower's Daughter)

12 comentários:

Leticia disse...

Realmente demais...o filme foi um dos melhores feitos em muitos anos.
O perigo de excesso de papéis é se perder, não saber mais quem é.
Isso sim é triste.

Caleydoscope Eyes disse...

Eu amo esse filme!

Paola a Estranha disse...

Você não tem noção de como amo este filme e esta música é linda!

Beijocas

Nil Brito disse...

Já tinha lido a respeito, mas ainda não vi... Fique curioso e interessado. Parece ser daqueles inesquecíveis. A música, realmente, é de arrepiar...

bjs

a calma alma má disse...

=> Le: eu acho que muitas vezes diversidade de papéis faz a gente se encontrar.

=> Caleydoscope: assisti umas 4 vezes e cada vez sob uma nova perspectiva.

=> Paola: amo essa música também. Adoro esta parte do filme em que ela anda pela rua atraindo diversos olhares, totalmente renovada, mas ainda ela mesma.

=> Nil: assista. Amo o filme, as perspectivas, as pessoas, as vidas, os amores, as fraquezas, as franquezas, a crueza. A música já faz parte da minha história. Depois me conte.

Antonio Ximenes disse...

"Calma".

Um belo filme.
Um belo post.
Uma música muito linda.

Essa música e a forma que o cantor a interpreta... me passa um desespero... uma intensa saudade... um amor a distância... impossível e incontrolável.

Realmente adoro essa música.

Abração.

Flavia disse...

Eu também fiz uma versão dessa música e desse filme.
Se quiser conferir:


http://poetriz.wordpress.com/2005/05/03/adaptacao-da-musica-%e2%80%9cblowers-daughter%e2%80%9d/

Bjs!

doedinha disse...

Fechado...
coração machucado
Aberto...
sentimento deserto
Atento...
um pequeno lamento
Feliz...
pequena cicatriz

Essa música é linda e doi, como é que pode?! Sei não, sinto!

Cheiro, minha flor!

Iara Alencar disse...

oi Alma, sei que to sumida, moça é o trabalho apertado.

nao tem um filme com esse nome?
e com umas enas de tirar o folego..

Tudo ou nada ... disse...

Oi Alma
To meio sumido, mas jamais esqueço dos meus amigos blogueiros.
Te indiquei para responder um Meme la no meu blog tá!
Bjão

1ª lady newton disse...

Gatchinha!

Vou te dizer:
Muito franca?
este é o filme da minha vida...
E por acaso eu tb me chamo Ana! Coisa phynna, gata!

Fora q o Damien Rice é um T eorme né?
Eita hómi lindo!

a calma alma má disse...

=> Antonio: é tudo isso e mais um pouco.

=> Flavia: eu fui lá.. seu post é de 2005, me responde.. isso algum dia passa?

=> Dô: sentimento que não passa, anda, visita, mora, não vai embora.

=> Iara: Closer é um filme. De vidas e fôlegos. Assista que vale.

=> Lu: vou lá olhar.

=> Lady: minha vida também está nesse filma, ou esse é o filme da minha vida... Nem sei, já são tantos os papéis e as versões.