segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Festa de fim de ano pede etiqueta!

Este Post é de Utilidade Pública.
Ainda que você se ache imune, sempre é bom relembrar, nunca se sabe quando será vítima de algum desses deslizes.
Queria colocar o link para a matéria completa, mas fiz um "copyandpaste" do site do MSN para meus arquivos justo no dia seguinte da festa de fim de ano da minha empresa e não consigo mais achar a matéria.



Seja na balada natalina ou na festa de confraternização da firma, normas de conduta são fundamentais para evitar micos e mal-estar. Um especialista em pista de dança (Chico Felliti) e uma consultora de etiqueta (Ligia Marques) compartilham o conhecimento essencial para terminar o ano bem.




Balada:
5 mandamentos para uma pista boa

* Seu espaço começa onde termina do outro. Mesmo que todo mundo dance separado, ainda assim vale a máxima das danças de salão: são dois pra lá, dois pra cá.
* Evite ficar atravessando a pista, por favor, dê a volta e vá pelas beiradas. Tem coisa pior que aquele passa-passa que não termina nunca?
* Me desculpe, mas não peça música para o DJ. Ele está ali concentrado, trabalhando. Deixe para falar com ele depois, ok?
* Por favor, não faça de sua bebida, cigarro, cabelo e bolsa uma arma. Cuidado redobrado porque banho, queimadura ou uma chicotada ninguém merece.
* Não brigue, há muitas maneiras civilizadas para resolver alguma coisa ruim que começou na pista.
é o melhor remédio",


Festa da Empresa

* Caso ache um saco este tipo de celebração, avise com antecedência que se abstém e não vá mesmo.
* Só participa do amigo-secreto quem estiver no espírito. Não gosta, não entre.
* Beba pouco. E, se possível, fique longe do álcool. Controle é tudo nesta hora.
* Evite parecer puxa-saco: não presenteie apenas o chefe, a não ser que ele seja seu amigo secreto - e, caso tire o nome do superior, nada de dar presentes caros; atenha-se ao valor estipulado.
* Mesmo sendo uma festa, as pessoas continuam sendo as do seu trabalho e, portanto, estão de olho em seu comportamento.
* Só leve o cônjuge se o convite explicitar a permissão ou caso saiba que todos namorados e namoradas irão. De outra forma, pode-se levar um estranho a um ambiente onde todos se conhecem.
* Evite roupas inadequadas (com decotes, transparentes, curtas demais ou barriga à mostra).
* Não se engrace com colegas que terá de ver no dia seguinte. É ressaca moral na certa.
* Não crie intimidade com superiores se não as tiver todos os dias. Puxar-saco pode ser contraproducente.

10 comentários:

Antonio Ximenes disse...

Alma.

Legal esses toques.
Eu sou meio dogmático com relação a etiqueta em eventos... eu diria até paranóico... rs

Não gosto de ser incomodado pela falta de educação de ninguém... por isso me controlo muito para não incomodar ninguém.

Abração pra tu.

Bridget Jones disse...

Imagine vc que eu e Lee comentávamos isso hpje pela manhã. Encontramos cada doido em festinhas de FDA! (Será pq somos para-raio?)

Em todo caso, toques dados e anotados aqui. Pelo menos se encontrarmos algum doido por estas andanças, saberemos nos portar normalmente. A não ser, é claro que queiramos parecer doidas tb. Afinal, ja fomos normais o ano todo!

Iara Alencar disse...

Oi querida

hhahhaa
conheço um bocado de gente que precisa ler este manual.

Bill disse...

Esses lembretes são sempre úteis. O problema é que, na hora, quase todos enchem a cara e só fazem o contrário disso.
Bjuuuuusssssssssss!!!!

Paola a Estranha disse...

hehehehe
Esta é uma dica pra passar para uns certos seres que conheço. kkkkk

Voltei!

Beijão

Clarice Lis disse...

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço! (risos!!!!)

Tudo ou nada ... disse...

Vixe ... estas festas são uma armadilha mesmo para algumas pessoas. Graças a Deus estou vacinado contra este mal. rsrs
Bjos

a calma alma má disse...

=> Antonio: você é quem está certo. Aquela história de a sua liberdade termina onde começa a minha!!!

=> Bridget: deixa eu ficar um pouco mais tranquila que vou te contar um pouco mais sobre performances doidas de uma pessoa normal o ano todo!!!

=> Iara: mas é pra isso mesmo que estou postando aqui. Utilidade pública, menina!!!

=> Bill: exatamente isso que acontece.. hehehe

=> Paola: que bom que voltaste, tava com saudades.

=> Clarice: blé.

=> Lu: vacinado como?? fale mais sobre isso.. rs

Adao Braga disse...

Muito obrigado pela consideração, e esforço em alertar!

Osc@r Luiz disse...

Muito bom isso!
É mesmo de utilidade pública.
Deveriam ensinar isso na escola.
Beijo.